Para que possamos compreender mais sobre o assunto, devemos antes entender o que é um processo. Podemos definir um processo como: “uma sequência lógica de atividades, que podem ser repetitivas ou não, que transformam as entradas (inputs) em saídas (outputs) mensuráveis que são realizadas para atingir um determinado objetivo”. Desta forma, podemos concluir que a gestão de processos tem por finalidade garantir a eficiência e conformidade das atividades inter-relacionadas dentro de um processo ou cadeia de processos, visando sempre a redução de custos da organização, maior qualidade nos processos, maior velocidade e confiabilidade das entregas.

 
Diariamente, o setor de finanças desempenha um papel crucial dentro das organizações, pois está diretamente ligado a gestão dos recursos financeiros, gestão de riscos financeiros, apoio a estratégia de crescimento, planejamento estratégico, tomadas de decisões estratégicas de curto a longo prazo e avaliações de desempenho operacional. Trazendo este conceito de gestão de processos para o setor financeiro, podemos visualizar a importância que uma boa gestão de processos tem para as atividades de um setor de finanças, pois contribui de forma positiva para a saúde financeira de uma empresa.
 

Uma boa gestão de processos financeiros trará para a organização:

 

• Eficiência Operacional: um processo financeiro eficiente traz consigo a possibilidade de identificação, análise e otimização das atividades financeiras, o que gera a eliminação de redundâncias e gargalos;

 

• Redução de Erros: um processo financeiro que é bem gerido possui controles e verificações que permitem que erros sejam identificados e sanados antes que gerem danos a empresa, como perdas financeiras, penalidades e danos a reputação;

 

• Assertividade na tomada de decisões: com a definição e documentação dos processos financeiros de uma empresa, a análise de dados é maior facilitada, gerando assim uma melhor tratativa dos dados e relatórios operacionais e melhor tomada de decisões por parte da alta gerência;

 

• Conformidade Regulatória: a gestão de processos auxilia a garantir que todas as atividades do setor financeiro estejam alinhadas com os requisitos legais e regulatórios, reduzindo assim, o risco de não conformidade e consequências associadas;

 

• Melhoria na experiência do cliente: uma gestão de processos eficaz contribui para a melhoria da experiência do cliente, garantindo transações suaves, respostas rápidas a consultas e serviços mais eficientes;

 

 Melhor Gestão de riscos: A identificação e gerenciamento de riscos é fundamental no setor financeiro. Uma boa abordagem de gestão de processos ajuda a identificar áreas de potencial vulnerabilidade e implementar controles para mitigar riscos financeiros, operacionais e de conformidade.

 

Após descrevermos o que é um processo e como ele pode ser ligado ao setor financeiro, a pergunta que não podemos, mas devemos fazer é: como eu faço tudo isso? Como eu levanto uma frente de trabalho para desenvolver processos para o meu setor financeiro? Através da engenharia de métodos, pode-se definir o método, a sequência e o fluxo produtivo/atividades, a fim de garantir o atendimento dos processos do setor financeiro ou de qualquer setor que necessite de planejamento.

 

As ferramentas e técnicas utilizadas podem ser:

 

Fluxograma de Processos: destaca a sequência lógica que uma atividade deve guiar em um determinado processo;

 

Procedimento Operacional Padrão (POP): sequência de instruções que conduz ao leitor a rotina a ser seguida para o atendimento de algum requisito.

 
Instrução de Trabalho (IT): demonstra qual é a sequência lógica para realizar uma atividade/serviço.
 
 

Podemos concluir que através da boa gestão de processos financeiros, poderemos ter a garantia de que o setor financeiro terá padronização, conformidade, redução de custos, redução de erros, sequência de fluxo e produtividade o que irá possibilitar maior assertividade nas análises financeiras e tomadas de decisões para curto e longo prazo.

 
 
 

BRENO BERNARDES

 Financeiro

Engenheiro de Produção, Yellow Belt e pós-graduando em Finanças Aplicadas

 

 

 

 

 
 

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site